Blog

Zonas Erógenas, o que são?

Já passamos da época de pensar que o sexo se resume apenas na penetração. Podemos ir muito além, explorando partes do corpo do nosso parceiro ou parceira na hora da relação sexual. E conhecer as zonas erógenas é uma forma de deixar a relação mais prazerosa.

Zonas erógenas são “determinadas partes do corpo que estimuladas da forma correta podem causar uma excitação sexual mais intensa”, de acordo com Cátia Damasceno, fisioterapeuta e especialista em sexualidade feminina e uroginecologia.

As zonas erógenas vem ganhando mais foco na Gouinage, que resumidamente falando 

é uma prática sexual que consiste em estimular os sentidos da sua parceria tais como tato, olfato para conhecer e experimentar sensações diferentes proporcionando prazer. 

O termo “gouinage” vem da França e no sentido literal da palavra, ele se refere ao sexo lésbico, mas Carolina Ambrogini, ginecologista, sexóloga e coordenadora do Projeto Afrodite, centro de sexualidade feminina da Unifesp, explica que ele vai muito além disso. “Gouinage é o sexo sem penetração”.

Nosso corpo tem um “Mapa do Prazer”, locais estratégicos que quando estimulados corretamente liberam fortes ondas de excitação. E não se limitam apenas aos famosos: clitóris, ponto G, glande e saco escrotal, é muito mais, viu?

Segundo, Cátia Damasceno “todas as áreas do nosso corpo onde a circulação sanguínea é mais periférica são regiões mais sensíveis”. Geralmente, as regiões articulares como por exemplo, o pulso que é uma região que não tem musculatura – “todas regiões articulares são regiões que não tem músculo, como não tem muito tecido a circulação sanguínea fica mais periférica, mais superficial causando uma sensibilidade maior”, acrescenta Cátia Damasceno.  

Listamos abaixo alguns pontos para você redescobrir seus interesses e desejos:

  • Canto da boca
  • Pescoço
  • Dedos das mãos
  • Dedos dos pés
  • Mamilos
  • Abdômen
  • Bumbum
  • Orelhas
  • Palma das Mãos
  • Parte interna das coxas
  • Nuca
  • Costas
  • Parte interna dos braços
  • Períneo
  • Cotovelo
  • Joelho
  • Pulso

Esses são apenas alguns pontos que quando estimulados, dão aquela sensação maravilhosa de desejo, pois seu corpo é uma ZONA DE PRAZER. Invista seu tempo nessas descobertas. Já sabemos que podemos ir além ha hora de explorar o próprio corpo sozinha(o) ou acompanhada(o), com os dedos, língua, sex toys, simplesmente se descubra.

Para te ajudar, a lista de acessórios e cosméticos sensuais é infinita e super bem-vinda, vai desde os vibradores, géis beijáveis, géis funcionais, como sabonetes específicos e lubrificantes dos mais variados tipos. As versões que esquentam podem ser úteis para acrescentar temperatura como mais um ingrediente sensorial. Fora isso vale a pena testar o uso de óleo para massagem, cremes e até mesmo tecidos com superfícies agradáveis para estimular a pele. Use e abuse dos produtos eróticos nessa viagem sensual, além de ajudarem com as estimulações, deixa tudo ainda mais divertido e fantástico.

 Nosso corpo é um parque de diversões, mas infelizmente aproveitamos pouco. As relações sexuais são ainda muito focadas nos genitais e na penetração. Uma relação sem penetração também é sexo e pode ser extremamente prazerosa, a Gouinage é perfeita para tirar o sexo do piloto automático. Nada melhor do que explorar as zonas erógenas do nosso corpo e da nossa parceira numa viagem de descobertas.

E lembre-se?

Ser você é realmente um PRAZER!!!

Mostrar postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *